• Maringá: (44) 3029-1162

  • Dourados: (67) 3033-8862

MBA FGV Live Estratégia e Negócios

MBA LIVE FGV em Executivo em Administração: Negócios do Setor Elétrico

O curso proporciona a você competências relacionadas com os segmentos de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica para atuar na área do setor elétrico.

O curso prepara você para planejar, elaborar, desenvolver e supervisionar projetos no setor elétrico. Além disso, o curso vai estimular sua atuação analítica e criativa na identificação e resolução de problemas no setor.

Informações

  • Formato

    Online
  • INÍCIO

    14/09/2022
  • Duração

    14 meses
  • Carga Horária

    432 horas
  • Unidade

    Dourados, MS
  • Peridiocidade

    Semanal: 02 aulas semanais ao vivo das 19h às 22h20 e 01 Prova Presencial por mês.
Download do Programa do Curso

Objetivos do MBA LIVE FGV Executivo em Administração: Negócios do Setor Elétrico

Nesse curso, você irá:

  • Desenvolver visão holística e estratégica das atividades empresariais e gerenciais do setor elétrico, com foco na criação de valor para a empresa;
  • Relacionar teorias à prática de gestão nas várias áreas de atuação do setor elétrico;
  • Conhecer os aspectos jurídicos, regulatórios, operacionais e financeiros do setor;
  • Desenvolver visão estratégica diante das dificuldades habituais no dia a dia das elétricas;
  • Desenvolver habilidades de gestão, construindo as competências técnicas fundamentais à formação de um líder;
  • Dominar o uso de ferramentas que irão aprimorar suas tomadas de decisão. 

Público Alvo

Este curso destina-se a profissionais que exerçam funções para as quais é indispensável visão gerencial do setor de Energia Elétrica. Gestores e Administradores do setor elétrico que percebam a importância do aprofundamento do conhecimento da Gestão da área de Energia no seu desenvolvimento profissional com, no mínimo, 03 anos de experiência profissional relevante. 

Por que fazer um MBA na FGV?

Metodologia

Os cursos do Programa MBA LIVE da FGV têm por objetivo estimular a reconstrução do conhecimento por meio da abordagem integrada entre teoria e prática, em consonância com os contextos econômicos, sociais e regionais onde os cursos são ministrados.

Os conteúdos das disciplinas visam a atingir objetivos de aprendizagem específicos, alinhados ao desenvolvimento das competências necessárias à prática profissional de seus alunos.

As aulas, mediadas remotamente por ferramentas de videoconferência, são planejadas com aplicação de diferentes estratégias de aprendizagem, sob a égide das metodologias ativas. Os alunos contam com suporte de um ambiente virtual de aprendizagem, o eClass, no qual podem acessar, a qualquer momento, em seus dispositivos eletrônicos, o conteúdo da disciplina, fazendo uso irrestrito de reconhecidas bibliotecas virtuais. Além disso, há acesso a outras ferramentas que oferecem suporte ao processo de ensino-aprendizagem e facilitam a comunicação.

As atividades práticas são desenvolvidas com o apoio de estudos de casos, jogos de negócios e situações que permitam aos alunos simularem a vivência de experiências desafiadoras, encorajando-os à aplicação de seus conhecimentos na resolução dos desafios propostos.

Certificação

Ao ser aprovado no curso de MBA Live, você terá direito ao certificado impresso, em nível de especialização (pós-graduação lato sensu), emitido por uma das escolas da FGV.

Ao final de todas as disciplinas, seu certificado é emitido automaticamente e enviado para seu endereço cadastrado no Portal do Aluno, o prazo de entrega está regido por regulamento.

Avaliação

A avaliação da aprendizagem tem um papel fundamental no processo de reconstrução de conhecimento pelos alunos e, por isso, cada disciplina tem um trabalho como instrumento avaliativo.

As avaliações construídas pelos professores possuem questões que abordam a aplicabilidade dos conceitos trabalhados em sala a contextos empresariais. Os instrumentos de avaliação utilizados visam não somente apoiar o diagnóstico do aprendizado mas também servir como base de reflexão para os alunos quanto à prática dos conceitos, a fim de capacitá-los para tomarem melhores decisões como executivos.

Coordenação Acadêmica

  • Pessoa
    Fernando Luiz de Vasconcellos Quintella

    Graduado em Engenharia Mecânica pela UFRJ e Administração de Empresas pela UERJ, é Mestre em Administração Pública pela FGV/EBAPE, com Mestrado em Administração de Empresas pela Coppe/UFRJ e Pós- Graduação em Finanças pela PUC/RJ. Além de coordenador acadêmico, atua como professor da área de Finanças dos cursos de MBA da FGV, foi professor de Marketing no curso de graduação em Administração de Empresas da UNESA e consultor de projetos de grande porte, atuando em empreendimentos de destaque da FGV Projetos, como o Pan-Americano Rio2007, Copa do Mundo 2014, Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio2016, bem como empreendimentos e PPPs do Governo do Piauí. Como Engenheiro, atuou por mais de 15 anos, em obras relevantes de empreiteira de grande porte, trabalhando para Petrobras em operações especiais em plataformas de petróleo, em Campos-RJ e Natal-RN.

    Ler Mais

Módulos do Programa

Modelo institucional do Setor Elétrico
24 hrs

Características estruturais e operacionais do sistema elétrico brasileiro; Noções Gerais sobre os modelos de competição; Preços e Contratos; Contabilização Energética; Energia firme; Livre acesso; Agentes Institucionais, Atribuições e Competências; CCEE; NOS; ANEEL; CMSE; CNPE; MME; EPE; Papel das Agências de Regulação na Economia Brasileira; Fundamentos Econômicos da Regulação, Formas de Regulação no Ambiente do Serviço de Energia Elétrica; Ambiente de Comercialização; Agentes Econômicos; Distribuição; Geração; Transmissão; Comercialização; Consumidores Livres; Consumidores Especiais;

Transmissão de Energia Elétrica
24 hrs

Critérios e as regras vigentes para a expansão, operação e a administração da prestação dos serviços de transmissão no Brasil; Projetos de transmissão de energia elétrica: critérios e premissas de expansão; Tarifas de transmissão: conceitos e evolução recente; Tarifas: TUST – RB e TUST-FR; Leilões de concessão, a definição da Receita Anual Permitida, Sistema Interligado Nacional, a Classificação das instalações de transmissão e das redes de operação, Acesso, os contratos CPST, CUST, CCT e CCI; Estudo de casos.

Distribuição de Energia Elétrica
24 hrs

Aspectos técnico-econômicos da distribuição de energia elétrica, modelo de negócio e regulamentação setorial; Contrato de concessão, qualidade prestação do serviço público e geração de valor ao acionista; Papel da distribuição no financiamento da cadeia produtiva do setor elétrico e suas implicações; Importância e o papel da legislação setorial em um ambiente regulatório robusto e dinâmico como vetor do modelo de negócios; Monopólio natural e os mecanismos de incentivo à eficiência econômica; Tarifas de energia e sua modalidades; Mercado regulado, o mercado livre e o papel da distribuição na comercialização de energia; Relação consumidor-concessionário e as condições gerais de fornecimento – a Resolução 414/10; PRODIST e a qualidade do serviço prestado; A inserção da geração distribuída e o serviço de distribuição; Incentivo à Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética; Transformação tecnológica e inovação na distribuição; Mecanismos emergenciais de reequilíbrio econômico da distribuição.

Contabilidade, Orçamento e Custos do Setor Elétrico
24 hrs

Noções básicas de Balanço Patrimonial, Demonstrativo de Resultados e Índices Contábeis; Custos Fixos e Variáveis Operacionais e não Operacionais; Custos, Gastos, Investimentos, Perdas e Despesas; Introdução aos fundamentos da Estrutura de Orçamentos; Manual de Contabilidade do Setor Elétrico e suas Instruções Contábeis – IC; Plano de Contas setorial; Regras de IFRS para Concessionárias de Serviço Público (IFRIC12).

Revisão Tarifária e Tarifas de Energia
24 hrs

Regulação por incentivos no Brasil e sua aplicação no cálculo das tarifas de uso (TUSD); Processo de revisão tarifária periódica (módulo 2 do PRORET) e reajuste tarifário anual das distribuidoras de energia (módulo 3 do PRORET); Parcela Econômica e Financeira da tarifa; Estrutura Tarifária horizontal e vertical (módulo 7 do PRORET), tarifas de referência; Revisão Tarifária: custos operacionais (modelos de benchmark), quota de reintegração (QRR, estrutura de capital e custo médio ponderado (WACC) para G-T e D, base de remuneração regulatória e gestão de ativos de rede, encargos setoriais, perdas técnicas, perdas não técnicas, inadimplência, outras receitas, mecanismos de incentivos a melhoria da produtividade (Fator X), aspectos da qualidade do fornecimento que afetam as tarifas (componente Q do Fator X); Características do ciclo vigente de revisão tarifária, diferenças entre mecanismos de regulação (price-cap, revenue-cap, cost-plus e yardistick competition), carregamento financeiro de parcela A e CVA (módulo 4 do PRORET), risco de mercado, sobrecontração e seus impactos tarifários; Desafios, fronteiras, transição tecnológica no modelo de regulação das distribuidoras de energia elétrica e seu impacto nas tarifas.

Liderança e Comunicação
24 hrs

Contextualização da Gestão de Pessoas; Autoconhecimento, inteligência emocional e mudança; Comunicação Interpessoal; Liderança e Motivação; Formação e desenvolvimento de equipes.

Planejamento e Matriz Energética
24 hrs

Balanço Energético Nacional; Plano Decenal de Energia Elétrica; Planejamento de curto, médio e longoprazo; Matriz Energética Brasileira x Matriz Energética Mundial; Planejamento da expansão de oferta de energia, Fontes Renováveis de Energia; Planejamento integrado para os setores.

Estratégia Empresarial
24 hrs

Montagem de Cenários para negócios; Estruturação do Referencial Estratégico; Conceituação de Propósito; Visão; Valores; e Slogan, com exemplos aplicados ao Setor Elétrico; Definição de Matriz SWOT e sua aplicação prática; Diretrizes Estratégicas; Definição dos Fatores Críticos de Sucesso; Construção do mapa Estratégico para os Negócios; Mapa de Indicadores e uso da ferramenta Balanced Scorecard – BSC; Definição do Portfólio de Projetos e Metodologia Analytic Hierarchy Process – AHP para priorização de projetos.

Aspectos Jurídicos da Regulação do Setor Elétrico
24 hrs

Regulação de Energia Elétrica e a Constituição Federal de 1988; Principais aspectos das Leis nº 8.987 e Lei nº 9.074; modelo regulatório brasileiro; Estrutura do setor elétrico; Segmentação da Indústria de Energia: geração, transmissão, distribuição e comercialização; Modalidades de delegação e seus regimes: concessões, permissões e autorizações de serviços e instalações; O uso do bem público e do recurso hídrico; Bens Vinculados e Reversibilidade; Licitações de concessão e de compra e venda de energia elétrica; Operções de transferência de controle societário e de outorgas; operações intrasetorial entre partes relaciona as; ANEEL: poder normativo (RES, REN e REH), fiscalizatório (SFE, SFF e SFG) e sancionador (REN nº 63/2004); controle externo dos atos regulatórios.

Geração de energia elétrica: quadro atual e perspectivas
24 hrs

Panorama geral do sistema de Geração de Energia Elétrica; Composição e análise das perspectivas para expansão da matriz energética do Brasil; Definição de fontes renováveis e não renováveis de energia; Aspectos regulatórios na atividade de geração de energia elétrica; Características da geração hidráulica, da geração termoelétrica, dos sistemas de cogeração de energia – biomassa, da energia eólica, da energia solar e dos sistemas híbridos de geração de energia elétrica.; Gerenciamento de projetos de energia elétrica e suas iterações com as questões sociais, ambientais e culturais

Licenciamento Ambiental no Setor Elétrico
24 hrs

Avaliação de Impacto Ambiental; Licenciamento Ambiental; Legislação Ambiental Brasileira; Etapas do Licenciamento Ambiental; Competências do Licenciamento Ambiental; Fases do empreendimento e o licenciamento; Audiência Pública; Diagnóstico Ambiental; Estudos de Viabilidade; Estudos de Impacto Ambiental – EIA, Relatório de Impacto ao Meio Ambiente – RIMA, Projeto Básico Ambiental – PBA. Plano de Gestão Ambiental: Estudos Ambientais com órgãos intervenientes (IPHAN, FUNAI, FUNDAÇÃO PALMARES); Análise do rito do licenciamento ambiental ordinário e simplificado; Cases de aplicação do licenciamento ambiental do setor elétrico; Especificidades do licenciamento ambiental da geração e transmissão; Experiências de regramentos internacionais de licenciamento ambiental do setor elétrico.

Financiamento no Setor de Energia Elétrica
24 hrs

Financiamento do setor elétrico sob a perspectiva da necessidade de crédito e risco regulatório, da governança corporativa, da classificação de risco de crédito e das principais fontes e estruturas de financiamento existentes; Aspectos relativos à necessidade de recursos para a expansão do setor, governança corporativa e estrutura de propriedade atual do setor elétrico; Padrões de governança corporativa da B3 e ratings de crédito de agências de risco; Papel do BNDES e de outros bancos públicos, as linhas de financiamento disponíveis e a estruturação financeira de grandes projetos denominada de project finance; Crescente papel do mercado de capitais; Debêntures e fundos de investimento em direitos creditórios (FDICs).

Teoria Econômica Aplicada à Regulação do Setor Elétrico
24 hrs

Introdução à Teoria Microecômica; Definição de mercado e de agentes de mercado; Curva de Demanda e elasticidade preço e renda; Curva de Oferta e Custos Fixos, Variáveis, Médio e Marginal; Mercado Competitivos e Concorrência Perfeita; Falhas de Mercado, Monopólio, Oligopólio, Externalidades, Bens Privados, Comuns e Públicos; Conceitos de Regulação Econômica Modelo regulatório do setor elétrico brasileiro.

Operação do Sistema Elétrico Brasileiro
24 hrs

Características estruturais e operacionais do sistema elétrico brasileiro; Otimização do despacho em um sistema hidrotérmico; Formação de preços; Preço de Liquidação de Diferenças (PLD), a segurança energética da interligação dos sistemas, a importação e exportação de energia elétrica, o cálculo do custo de geração por Toneladas Equivalentes de Petróleo.

Comercialização de Energia Elétrica
24 hrs

Visão geral dos Ambientes de Comercialização Regulado – ACR, de Comercialização Livre – ACL e do Mercado de Curto Prazo – MCP; Formação de preços no mercado de curto prazo, Preços de Liquidação das Diferenças – PLD; Drivers de preços no mercado livre – ACL e as estruturas tarifarias no ACR; Papel dos agentes de comercialização; Leilões de Energia Nova, voltados à expansão da oferta, os Leilões de Energia Existente e mecanismos de gerenciamento de balanço; Processos de negociações bilaterais e os produtos ofertados, a migração e gestão de consumidores livres e especiais; Mecanismos de mitigação, controles e gestão de riscos de mercado e de crédito; Transição energética, caracterizada pela descentralização, descarbonização e digitalização: Evolução e os desafios do mercado.

Matemática Financeira
24 hrs

Regime de capitalização, taxa de juros, valor presente, valor futuro. Séries de pagamentos, fluxo de caixa real e nominal. Sistemas de amortização, tabelas de amortização. Análise de investimento, taxa interna de retorno, valor presente líquido.

Gestão Financeira aplicada ao Setor Elétrico
24 hrs

Fundamentos de Administração Financeira; Análise financeira de ativos; Risco e Retorno; Custo médio ponderado de capital (WACC); Métricas de desempenho; Governança Corporativa e geração de valor

Avaliação de Projetos aplicada ao Setor Elétrico
24 hrs

Projetos de investimento do setor elétrico; Avaliação das características técnicas, operacionais, comerciais e financeiras; Análise de riscos do projeto e mitigadores; Viabilidade econômica: modelo financeiro; construção de fluxo de caixa; usos e fontes; cálculo de métricas de rentabilidade de projeto; análise de cenários e sensibilidade; Decisão de investimento.

Ver todos os módulos

Planos de Investimento

Parcelas Valor da Parcela Valor Total
1x R$ 25.555,00 R$ 25.555,00
12x R$ 2.248,05 R$ 26.976,60
24x R$ 1.191,05 R$ 28.585,20
*Tabela sujeita a alterações sem aviso prévio, válida até a criação da próxima tabela substitutiva.

FAQ

O que é a FGV Educação Executiva?

Importante referência de ensino, no País e no exterior, pelos seus programas de graduação, mestrado e doutorado e pelos seus trabalhos de consultoria, a Fundação Getulio Vargas trabalha de coração e mente voltados para o estímulo ao desenvolvimento nacional. Como centro de excelência, no entanto, a nossa preocupação é ser, permanentemente, uma instituição inovadora, tanto para os seus alunos como para a sociedade de uma forma geral.

O que é ser um aluno ouvinte?

O candidato participa do processo seletivo normalmente, assiste às aulas, fica isento de provas e trabalhos, e, no final do curso, recebe um certificado de participação como aluno ouvinte. O plano financeiro é o mesmo de um aluno regular.

É possível pedir transferência de curso? Quais são os procedimentos?

Sim. O aluno poderá solicitar a transferência de curso desde que as seguintes condições sejam respeitadas: deverá existir vaga no curso de destino; os cursos (origem e destino) têm de ter o mesmo nível/grau; o aluno não poderá ter cumprido mais de 68% da carga horária total do curso de origem e estejam faltando mais de 6 (seis) meses para o término do prazo de 60 meses previsto na sua turma de origem para conclusão de todas as obrigações acadêmicas. O aluno poderá requerer o aproveitamento dos créditos já cursados por meio de um pedido de equivalência de disciplinas.

Qual é a diferença entre as unidades próprias e as unidades conveniadas da FGV?

A FGV Educação Executiva seleciona uma instituição conveniada em cada cidade onde identifica demanda potencial para cursos de especialização. As conveniadas da FGV Educação Executiva são instituições que atuam localmente, com funções comerciais, de logística e operacionais, disponibilizando a estrutura para a realização das aulas, o atendimento aos alunos, etc. A FGV é a responsável pela manutenção da qualidade acadêmica dos cursos, e o corpo docente – mestres, doutores e especialistas – é o mesmo para toda a rede conveniada.

Em caso de desistência, quais as implicações?

Caso o curso já tenha iniciado, o aluno poderá solicitar cancelamento a qualquer momento. No entanto, deverá pagar o valor correspondente à carga horária já cursada, além de multa rescisória.

Qual é o tempo máximo para a conclusão do MBA e da pós-graduação na FGV?

Todos os alunos que ingressaram nos programas de MBA e pós-graduação do FGV Management a partir de janeiro de 2017 deverão concluir os seus respectivos cursos em, no máximo, 60 meses a partir da data de início do curso de origem, exceto em casos excepcionais previstos em regulamento.

Qual é a diferença entre um curso de especialização lato sensu e um curso de MBA?

A pós-graduação lato sensu compreende programas de especialização e inclui os cursos designados como MBA (Master of Business Administration).

Qual é a abrangência dos certificados de conclusão de curso?

Os certificados de conclusão de curso têm validade nacional, desde que obedeçam integralmente às exigências da Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018.

Quais são os requisitos para cursar um curso de especialização?

Para cursar um MBA ou uma pós-graduação, é preciso que o candidato tenha um diploma de graduação. O diploma de graduação deve trazer, no verso, o número da portaria que autoriza/credencia a IES e o número da portaria de autorização ou reconhecimento do curso. Os cursos aceitos devem possuir, pelo menos, 1.600 horas. Seguem os cursos que preenchem esse requisito: graduação plena ou licenciatura; curso superior de tecnologia - qualquer área de formação - e curso sequencial de formação específica.

O que é pós-graduação lato sensu?

É um sistema de formação intelectual do segmento da educação continuada destinado ao aprofundamento e ao aprimoramento dos conhecimentos acadêmicos e técnico-profissionais. Os cursos de especialização e os cursos designados como MBA (Master Business Administration) ou equivalentes incluem-se na categoria de pós-graduação lato sensu.

Os cursos de pós-graduação e MBA são reconhecidos pelo MEC?

Os cursos independem de autorização prévia de reconhecimento e renovação de reconhecimento. Contudo, devem atender rigorosamente a todas as exigências da Resolução CNE/CES nº1 de 6 de abril de 2018.

Posso pedir transferência entre unidades (inclusive, conveniadas) durante o curso e aproveitar créditos de disciplinas já cursadas?

Sim. Para que seja feita a transferência entre unidades da FGV, a unidade de origem deverá preparar um formulário específico, informando o programa do curso em execução, as disciplinas cursadas - com notas, frequência e nomes dos professores - e a situação financeira do aluno. O aluno então poderá efetuar a matrícula na unidade de destino e deverá arcar com as taxas e mensalidades em aberto referentes ao curso. Além disso, a unidade de origem deverá enviar a documentação do aluno à secretaria acadêmica da unidade de destino, mantendo a cópia de todos os documentos nos seus arquivos. Para aproveitar créditos já cursados, o aluno deverá entrar com um pedido de equivalência de disciplinas.

Ver todas as dúvidas

Saber Mais

VOLTAR

Possui Interesse?

Preencha seus dados e nós entraremos em contato.
Deseja receber notícias, eventos e ofertas?
Sim
Não

Concordo com os Termos e Políticas.

Por favor aguarde...

Contato Enviado Com Sucesso!

Seu contato foi enviado com sucesso.

Falha ao Enviar!

Ocorreu um problema ao enviar, tente novamente.

Possui Interesse?

Preencha seus dados e nós entraremos em contato.

Cursos Relacionados

Ver Todos

Histórias da Trecsson

Ver Mais Histórias
Ver Mais Histórias