• Maringá: (44) 3029-1162

  • Dourados: (67) 3033-8862

Liderança contingencial: Conceitos e Vantagens desse modelo de liderar

Uma das principais qualidades que um ser humano pode ter na vida é a capacidade de se adequar às diversas situações que o universo apresenta, respondendo de forma única cada uma destas demandas. 

No mundo corporativo essa ideia se enquadra dentro do conceito de liderança contingencial, que sempre se adequa ao contexto antes de produzir  ações e políticas de gestão e liderança.

Neste artigo vamos entender o conceito por trás de liderança contingencial, suas características e, sobretudo, as vantagens adquiridas pelas corporações que a utiliza.

Liderança contingencial


A palavra contingência tem um significado que necessita de atenção para que seu entendimento seja fácil. Em palavras simples, significa que algo pode ou não acontecer, que é incerto. Uma possibilidade de acontecimento é o centro da palavra contingência.

Assim, a liderança contingencial trabalha  dentro desta perspectiva de que não há uma regra de liderança única e inflexível, e sim que há possibilidades diferentes de liderança, que variam de acordo com a situação, com a equipe de colaboradores, com o nível de maturidade de cada profissional, enfim, são diversas as variáveis que modificam a forma de agir de um gestor.

O pilar da liderança contingencial é:

  • Não existe forma de liderança melhor que outra, mas sim existe a mais correta para aquela situação específica.

Se pensarmos em teoria, a ideia de liderança contingencial é a mais eficiente possível.

Por quê?

Porque se pensarmos na existência de vários tipos e estilos de liderança, cada um sendo mais eficiente para um modelo específico de empresa, ou de situação, e depois trazermos o conceito de liderança contingencial, que busca exatamente essa adequação à situação, então nós estamos diante de uma forma de gestão de empresa e de liderança que tende a apresentar os melhores resultados.

Os estilos de liderança


Dependendo de como se encontra uma empresa, em qual situação ela se apresenta e qual o perfil de seu grupo de colaboradores, a liderança pode ser exercitada de formas diversas, e neste sentido podemos encontrar alguns estilos de liderar que se mostram eficientes.

  • Direcionador
  • Orientador
  • Apoiador
  • Autonomia

Direcionador

Neste estilo de liderança o líder deve ensinar à sua equipe absolutamente tudo que deve ser ou não ser feito, e ensinar como fazer. 

Neste estilo há uma brecha mínima para que os colaboradores tenham autonomia de ação, até porque comumente as tarefas são supervisionadas para que os resultados sejam mais garantidos. A

qui não há muito espaço para diálogo e aquela frase "faça o que eu digo" ganha sentido. Um líder direcionador quer que os seus subordinados façam o que ele diga. É um estilo que tende a dar resultados em momentos de crise, onde não há muito espaço e tempo para discussões e reuniões prolongadas, mas seu uso precisa ser muito moderado.

Participe do nosso mini curso (em formato webinar) sobre: Como não ser um líder tóxico nos dias atuais. Você verá a diferença entre entre líder tóxico e líder direcionador.

Orientador

Nesse estilo o líder deve estar apto a ouvir contribuições de toda a sua equipe. O líder deve apostar na troca de informações e ideias e construir uma relação de liderança mais flexível com os seus subordinados. 

A palavra final ainda é do líder, mas ele já consegue dividir minimamente todo o processo de construção de ações com os seus colaboradores.

Apoiador

Nesse estilo de liderança o gestor escuta e analisa atentamente todas as contribuições e opiniões de seus subordinados, fazendo da sua decisão uma decisão mais democrática e coletiva. 

O líder deve facilitar ao máximo as contribuições de sua equipe e apoiar essas análises diversas sobre uma situação existente.

Autonomia

Nesse estilo de liderança, o papel do líder é oferecer um espaço de autonomia para que os funcionários exerçam a liderança de forma coletiva. 

A equipe tem autonomia para tomar grande parte das decisões, e evidente, ela também tende a arcar com as consequências dessas decisões. 

Um estilo muito liberal de liderar, que oferece bons resultados quando a equipe é muito capacitada.

Tarefas x relacionamentos

Outro ponto importante é entender que a liderança pode ser voltada para trabalhar tarefas ou para trabalhar relacionamentos. 

O entendimento aqui é fácil, e o líder voltado para tarefas tem uma preocupação maior nos objetivos e resultados práticos da empresa, enquanto que a liderança voltada para relacionamento tende a focar nos relacionamentos interpessoais da equipe e em problemas comportamentais de seus subordinados. 

As vantagens da liderança contingencial


Com estas perspectivas de liderança, a ideia de contingência acaba tomando forma, ou seja, fica claro que a liderança contingencial é uma mescla desses e de outros estilos de liderança, tudo vai depender da situação em que a empresa está, ou do perfil que a sua equipe de colaboradores carrega.

Assim, podemos encontrar muitas vantagens nas empresas que exercitam o modo de liderança contingencial.

  • Melhora a comunicação entre líder e equipe
  • Maior flexibilidade que traz harmonia no ambiente de trabalho
  • Valorização da equipe de trabalho que gera melhores resultados
  • Visão estratégica que gera sucesso, eficiência e produtividade
  • É mais fácil de usar

Melhora a comunicação entre líder e equipe

A liderança contingencial por se adequar ao perfil de seus comandados consegue desenvolver um trabalho muito mais eficiente e efetivo de comunicação entre a liderança e a sua equipe. 

Um líder que busca entender a sua equipe de funcionários, e que a partir do entendimento daquele perfil, de maturidade e de capacidade, desenvolve um trabalho de comunicação, tende a ter muito mais eficiência e clareza no processo de comandar e de definir comandos e atribuições.

Maior flexibilidade que traz harmonia no ambiente de trabalho

Já entendemos que a liderança contingencial tem uma flexibilidade maior por se adequar às diversas situações que uma empresa apresenta. 

Essa maior flexibilidade da liderança tende a criar uma ambiente de trabalho mais harmônico, já que as ações de liderança são pensadas de acordo com o perfil de sua equipe de colaboradores. 

É muito fácil o líder contemplar as necessidades de sua equipe se ele se comprometer a entendê-los. Com funcionários contemplados em suas necessidades, o ambiente de trabalho é mais produtivo e saudável e os objetivos são mais facilmente alcançados.

Valorização da equipe de trabalho que gera melhores resultados

Um líder que compreende que cada colaborador possui grande importância para a engrenagem de uma empresa funcionar direito e dar bons resultados é um líder com muito mais chances de sucesso. 

Desta forma, a liderança contingencial, que analisa sempre o perfil de sua equipe e gera ações a partir das necessidades e características dela, tende a valorizar o seu grupo, e esse grupo tende a se engajar mais nos objetivos da empresa, gerando os melhores resultados possíveis.

Visão estratégica que gera sucesso, eficiência e produtividade

Uma liderança contingencial é aquela que precisa estar apta a captar todo o entorno da empresa, a pensar globalmente e a ter visão de futuro, já que é preciso visualizar a empresa em curto, médio e longo prazo. 

A liderança contingencial exige que o líder analise todo o contexto e todas as características de sua equipe, e uma gestão que se desenvolve neste formato tende a proporcionar mais eficiência e produtividade no ambiente de trabalho. Resumindo, sucesso.

É mais fácil de usar

Quando pensamos no modo de liderança contingencial e comparamos com todos os outros existentes, a primeira observação que temos é a de que este modo de liderar é a mais fácil de ser implementada, já que ela sempre está se adequando ao contexto, não precisando fazer malabarismos para transformar um estilo de liderar no estilo certo. Uma empresa que possui um estilo engessado de liderança tende a ter muito mais dificuldades de se adaptar às situações que se apresentam dia após dia.

Conclusão

Entender os estilos de liderança e de gestão estratégica de pessoas é cada vez mais indispensável para um líder que deseja levar a empresa para patamares maiores. Entender as nuances e as particularidades de cada uma das formas de liderar é essencial para que uma empresa cresça de forma saudável e planejada.

E você, já colocou em prática a liderança contingencial dentro de seu negócio?

Compartilhe:

Posts Relacionados

Ver Categoria >