• Maringá: (44) 3029-1162

  • Dourados: (67) 3033-8862

MBA FGV Presencial Estratégia e Negócios

MBA FGV em ESG: Environmental, Social & Governance

A decisão de buscar um curso de MBA nessa área é impulsionada pelo aumento significativo dos negócios sustentáveis e pela necessidade crescente de líderes comprometidos com uma visão de longo prazo. Este curso, alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, visa contribuir para o avanço das organizações e empresas em direção à Agenda 2030. O objetivo é capacitar os participantes a integrarem lucro e propósito através de uma gestão sustentável, aderindo às melhores práticas ESG, cada vez mais valorizadas no mercado.

É urgente que não apenas grandes corporações, mas também pequenas e médias empresas, assim como instituições públicas e não governamentais, adotem práticas que combatam as mudanças climáticas e minimizem os impactos sociais e ambientais. Este curso visa abordar essas questões de maneira a gerar valor para todos os stakeholders, sendo esse um tema central de discussão.

O MBA FGV EM ESG foi desenvolvido para atender à demanda do mercado por profissionais gestores especializados em sustentabilidade. Ele busca desenvolver nos alunos a capacidade de compreender as complexas demandas socioambientais do cenário atual, além de fornecer suporte às diversas áreas e funções empresariais que buscam aprofundar seus conhecimentos nessa área.

O programa oferece uma visão abrangente dos desafios contemporâneos nos negócios e na sociedade, destacando as melhores práticas com foco nos fatores ESG: ambientais, sociais e de governança corporativa.

As considerações ambientais, sociais e de governança (ESG) estão cada vez mais influenciando as decisões empresariais sobre as práticas a serem adotadas e as expectativas de desempenho e retorno da sociedade e dos stakeholders. O conceito abrangente de ESG abarca uma ampla gama de questões, desde a redução da pegada de carbono até práticas trabalhistas e medidas anticorrupção. Essas considerações justificam a criação de critérios e práticas que orientam o papel e a responsabilidade dos negócios em direção à Agenda 2030.

Os desafios significativos enfrentados hoje demandam profissionais capazes de organizar, gerenciar e liderar mudanças sociotécnicas. O foco integrado neste curso, que visa tanto o pensamento quanto a ação, está no centro dessa abordagem. O MBA FGV em ESG - Environmental, Social & Governance, fundamentado no estado da arte e nas melhores práticas de mercado, proporcionará conhecimentos, habilidades e competências específicas para o desenvolvimento e gestão de ações abrangentes em ESG.

Informações

  • Formato

    Presencial
  • INÍCIO

    15/03/2024
  • Duração

    18 meses
  • Carga Horária

    432 horas
  • Unidade

    Maringá, PR
  • Peridiocidade

    Mensal: Sexta-feira das 19h às 23h20, sábado das 8h às 17h40 (1h de almoço) e domingo das 8h às 12h20 Todas as datas são previstas, podendo sofrer alterações.
Download do Programa do Curso

Objetivos do MBA FGV em ESG

O programa do MBA em ESG – Environmental, Social & Governance visa especializar profissionais com competências mais complexas, isto é, com um conjunto de conhecimentos, habilidades e valores exigidos pelo mercado de trabalho.

  • São competências a serem desenvolvidas ao longo do curso:
  • Identificar os principais desafios para a condução de oportunidades e mitigação de riscos sociais, ambientais e de governança; 
  • Gerar valor para os diversos stakeholders com base nos pilares da gestão responsável;
  • Implementar práticas para organizações inclusivas e sustentáveis; 
  • Aprimorar e desenvolver indicadores e relatórios de divulgação das ações em ESG;
  • Analisar portfólios de produtos, unidades de negócios e práticas em ESG, contemplando riscos e impactos socioambientais e financeiros; 
  • Aplicar respostas estratégicas viáveis às pressões institucionais e às legislações relacionadas aos aspectos ambientais, sociais e de governança.

Público Alvo

O MBA em ESG – Environmental, Social & Governance é recomendado para:

Profissionais que atuam em empresas privadas, de diversos portes, e estatais industriais ou de serviços, que objetivam implementar ações e práticas em ESG e desejam obter uma formação em gestão de ESG para atuar em consultoria especializada ou para estruturar os seus próprios negócios;

Profissionais com formação técnica nas áreas ambientais, direito, finanças, engenharias e demais áreas que queiram aprimorar competências gerenciais na temática ESG de forma objetiva e em curto prazo, e obter desenvolvimento, qualificação profissional e conhecimentos práticos para atuar em funções administrativas;

Profissionais que desejam se reposicionar e reingressar de maneira competitiva em nova área no mercado de trabalho.


Por que fazer um MBA na FGV?

Metodologia

Os cursos do Programa MBA da FGV têm por objetivo estimular a reconstrução do conhecimento por meio da abordagem integrada entre teoria e prática, em consonância com os contextos econômicos, sociais e regionais onde os cursos são ministrados.

Os conteúdos das disciplinas são agrupados por eixos temáticos, que visam a atingir objetivos de aprendizagem específicos, alinhados ao desenvolvimento das competências necessárias à prática profissional de seus alunos.

Para apoiar a base teórica das aulas presenciais, os cursos contam com suporte de um ambiente virtual de aprendizagem, o eClass, no qual o aluno pode acessar, a qualquer momento, em seus dispositivos eletrônicos, o conteúdo da disciplina, fazendo uso irrestrito de reconhecidas bibliotecas virtuais. Além disso, há acesso a outras ferramentas que oferecem suporte ao processo de ensino-aprendizagem e facilitam a comunicação.

As atividades práticas também podem ser desenvolvidas com o apoio de estudos de casos, jogos de negócios e situações que permitam aos alunos simularem a vivência de experiências desafiadoras, encorajando-os à aplicação de seus conhecimentos na resolução dos desafios propostos.

Certificação

Os Cursos de Pós-graduação Lato Sensu - nível especialização – oferecidos pelas Escolas da FGV, nas modalidades presencial e a distância, por meio do Programa de Educação Executiva do IDE (Instituto de Desenvolvimento Educacional /FGV), em seus núcleos próprios (Rio de Janeiro / Brasília / São Paulo) e nas instalações físicas da rede de instituições conveniadas em todo o Brasil, atendem integralmente à Resolução CNE/CES 01/2007, de 08/06/2007, que estabelece normas para o funcionamento de cursos de pós-graduação Lato Sensu, assim como atendem à Resolução CNE/CES 01/2018, em vigor desde 06.04.2018. Os cursos de Especialização encontram-se cadastrados pelas Escolas da FGV no sistema e-MEC e possuem Regulamento próprio.

Avaliação

A avaliação da aprendizagem tem um papel fundamental no processo de reconstrução de conhecimento pelos alunos e, por isso, cada disciplina tem um trabalho como instrumento avaliativo. 

As avaliações construídas pelos professores possuem questões que abordam a aplicabilidade dos conceitos trabalhados em sala a contextos empresariais. Os instrumentos de avaliação utilizados visam não somente apoiar o diagnóstico do aprendizado mas também servir como base de reflexão para os alunos quanto à prática dos conceitos, a fim de capacitá-los para tomarem melhores decisões como executivos.

Coordenação Acadêmica

  • Pessoa
    Fabricio Stocker

    Economista e Administrador. Pós-Doutor pela FGV/EBAPE. Ph.D in Management pela Erasmus University Rotterdam e Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo (FEA/USP) . Pesquisador visitante na University of Amsterdam. Mestre em Administração Estratégica pela UFPR. MBA pela FGV e Educação Executiva pela London Business School. Experiência profissional em cargos de gestão na Indústria de Alimentos, Tecnologia & Inovação, Indústria Farmacêutica e Serviços. Atuou pela UNICEF, ONU e AIESEC em Projetos Humanitários e Organizações Sociais no Brasil, Peru, Egito e Oriente Médio. Como pesquisador é autor de publicações em revistas científicas nacionais e internacionais como Public Management Review, Corporate Social Responsibility, The Bottom Line, RAE entre outras. Recebeu premiação de melhor pesquisa científica em 10 diferentes categorias. Atua como professor em cursos de graduação, pós-graduação, e Mestrado nas áreas de economia, gestão, estratégia, ESG e Sustentabilidade Corporativa. Atua como Editor Adjunto do Cadernos EBAPE.BR e Consultor Técnico Sênior da FGV Projetos.

    Ler Mais

Módulos do Programa

Sustentabilidade corporativa e ESG
24 hrs

Conceitos de sustentabilidade, sustentabilidade corporativa, tripé da sustentabilidade, criação de valor compartilhado e core business. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Fundamentos de ESG – environmental, social & governance. Responsabilidade social corporativa. Tipologia de organizações sustentáveis. Abordagens e desafios da gestão ambiental empresarial. Papel dos stakeholders. Negócios sustentáveis como fonte de vantagem competitiva e de impacto positivo na sociedade.

Governança corporativa
24 hrs

Conceitos de governança corporativa. Evolução, marcos da governança corporativa. Principais modelos de governança. Arquitetura de governança corporativa no Brasil. Boas práticas de governança corporativa. Planejamento de sucessão. Atribuições de conselhos. Princípios de governança e aspectos comportamentais do processo decisório. Níveis de governança. Governança e geração de valor. Compliance e mecanismos anticorrupção.

Gestão da diversidade e inclusão
24 hrs

Conceito de inclusão, diversidade e seus desafios nas organizações. Heterogeneidade da força de trabalho: gênero, raça, classe social e origem regional, idade, orientação sexual e deficiência. Grupos de afinidade, coletivos. Diversidade nos times de trabalho e implicações nos resultados. Gestão inclusiva da diversidade e a sua relação com a cultura organizacional e a liderança. Boas práticas de gestão. Aspectos legais e contemporâneos da diversidade e da inclusão.

Sustentabilidade na cadeia de suprimentos
24 hrs

Configurações de cadeias de suprimentos sustentáveis. Mecanismos de governança, controle e monitoramento dos riscos na cadeia de suprimentos. Desafios futuros. Dinâmicas estruturais, tecnológicas e relacionais na cadeia de suprimentos. Elementos para a construção de produtos e serviços sustentáveis visando à conexão com a cadeia de suprimentos. Riscos e oportunidades em relação à cadeia de suprimentos. Pressões legais e de mercado que influenciam a tomada de ações concretas junto a fornecedores. Indicadores de sustentabilidade na cadeia de suprimentos.

Gestão, regulação e transparência em ESG
24 hrs

Dimensões de ESG – environmental, social & governance. Pressupostos e boas práticas em ESG. Métricas, indicadores, KPIs e matriz de ESG. Mensuração e monitoramento das questões ESG e o seu alinhamento com a comunicação, a estratégia e os relatórios corporativos. Transparência em ESG. Frameworks de sustentabilidade e reporte em ESG. Certificações obrigatórias e voluntárias: certificação Sistema B e ISO. Comércio justo, LEED. Certificações por segmento e avaliação de impacto B. Estabelecimento de relações entre políticas públicas e regulamentações específicas. Estudo das regulamentações e dos seus impactos jurídicos nas políticas sociais e econômicas.

Empreendedorismo social e negócios de impacto
24 hrs

Estado, mercado e terceiro setor: as tipologias organizacionais. Referencial teórico conceitual sobre empreendedorismo social em um contexto de desenvolvimento sustentável. Organizações híbridas e empresas sociais e as suas delimitações. Negócios socioambientais: tipologia e histórico. O ecossistema organizacional dos negócios socioambientais: aceleradoras, investidores, incubadoras, organizações da sociedade civil, empresas e governo. Gestão de negócios de impacto: modelos, estratégias, geração e mensuração de valor. Abordagens para o alinhamento do investimento social aos negócios. Potenciais riscos e oportunidades.

Direito ambiental
24 hrs

Princípios do direito ambiental. Evolução do direito ambiental em nível internacional e nacional. Política Nacional do Meio Ambiente. Sistema Nacional de Meio Ambiente (Sisnama). Poder de polícia ambiental. Competências em matéria ambiental. Relatório (EIA/Rima). Sistema Nacional de Licenciamento Ambiental e responsabilização por danos ambientais. Tutela da biodiversidade e de recursos naturais. Código Florestal. Política Nacional de Recursos Hídricos e Resíduos Sólidos. Legislação, normas e novos mecanismos legislativos, instrucionais e regulatórios da área ambiental.

Mudanças climáticas e transição energética
24 hrs

Grandes desafios e problemas ambientais do setor energético. Política energética e política ambiental. Impacto das políticas internacionais e nacionais de enfrentamento climático nas cidades e nas empresas. Estratégias corporativas, nacionais e subnacionais de mitigação e adaptação às mudanças do clima. Experiências internacionais e nacionais de gestão e responsabilidade social e corporativa frente às questões climáticas. Riscos e oportunidades atrelados às mudanças climáticas. Conexão a operação da empresa com práticas sustentáveis, considerando produção mais limpa e uso de energias renováveis

Gestão ambiental e de resíduos
24 hrs

Meio ambiente, recursos naturais, biodiversidade, ecossistemas, serviços ambientais e poluição. Evolução das estratégias ambientais nas organizações empresariais: fatores motivadores e tendências. Abordagens e ferramentas de gestão ambiental nas empresas: potencialidades. Aplicação dos fundamentos da gestão ambiental na indústria com base nos requisitos e nas melhores práticas do mercado. Contexto ambiental na organização, papel da liderança, riscos, sistemas, ISO e normas. Gestão ambiental de resíduos – desafios e oportunidades.

Gestão estratégica de carbono
24 hrs

Mudanças do clima. Gases do efeito estufa. Impactos ambientais. Sociedade de baixo carbono. Cenário de emissões de GEE. Negociações internacionais. IPCC – Painel Intergovernamental sobre mudanças climáticas. COPs. Diminuição das consequências das mudanças climáticas. Processo de obtenção de créditos de carbono. Mercado de carbono no Brasil e no mundo. Certificações relacionadas à gestão de carbono. Desafios e oportunidades de carbono global e nacional.

Avaliação de impactos socioambientais
24 hrs

Riscos socioambientais. Evolução dos riscos de segurança. Metodologias de identificação e análise de risco. Elementos de gestão de risco e do meio ambiente, saúde e segurança. Definição de impactos socioambientais. Estudos de Impactos Ambientais e Relatório de Impacto Ambiental (EIA-RIMA) para implantação de empreendimentos. Definição de indicadores e de desempenho socioambientais.

Economia circular e logística reversa
24 hrs

Economia circular, modelos de gestão e ciclos. Modelos lineares atuais, repensar processos produtivos, desenvolver e influenciar novas relações de produção, distribuição e consumo. Inovação nos processos e nas relações. Consumo e consumismo em uma dinâmica pelos contextos econômico, social e ambiental, e os seus respectivos impactos à sociedade e ao meio ambiente. Avaliação de Ciclo de Vida (ACV), reciclagem, remanufatura e recondicionamento de produtos e reciclagem. Aplicações de logística reversa.

Gestão e engajamento de stakeholders
24 hrs

Origens e conceito de stakeholder. Dimensões da Teoria dos Stakeholders. Classificação e modelos de mapas de stakeholders. Construção de valor com o cliente. Gestão estratégica com stakeholders. Engajamento de colaboradores, fornecedores, comunidades e demais grupos de stakeholders. Matriz de materialidade. Modelos de negócios centrados nos stakeholders. Comunicação e relacionamento com os diferentes grupos de stakeholders. Cocriação de valor com stakeholders. Parcerias e estratégias de relacionamento multistakeholders.

Inovação e transformação digital
24 hrs

Inovação, tecnologia e a função de P&D. Impacto da tecnologia nos produtos, processos e modelos de negócios. Economia de escala e de escopo. Tecnologia de ruptura. Capacidades tecnológicas. Modelos e métodos para tornar a empresa inovadora. Inovação ambidestra, condicionantes e desempenhos. Propriedade intelectual. Panorama da tecnologia no Brasil e na América Latina. Razões para a baixa geração de inovações. Impactos da tecnologia sobre a sociedade e o meio ambiente. Novas tecnologias aplicadas à indústria e aos negócios . Transformação digital do modelo de negócios.

Gestão de riscos e due diligence
24 hrs

Modelos de gestão de riscos corporativos: COSO. Análise e gestão de riscos operacionais e corporativos. Cultura da gestão de riscos corporativos. Fator humano na gestão de riscos corporativos. Auditoria de riscos. Mitigação de riscos no processo de contratação e controles internos. Processo de due diligence ambiental, contábil, fiscal, financeira, trabalhista, entre outras. Aplicações de Data Analytics (Business Analytics). Matriz de risco e as ações preventivas e corretivas.

Finanças corporativas sustentáveis
24 hrs

Introdução a finanças corporativas e contabilidade financeira: princípios de origem, aplicação e retorno dos investimentos. Análise de investimentos sustentáveis. Agenda ESG no mercado financeiro. Abordagens para integração ESG nos investimentos. Fundos de investimentos. Ratings ESG e impacto. Títulos verdes, sociais e sustentáveis.

Estratégias de comunicação em sustentabilidade
24 hrs

Modelos de comunicação para as práticas sustentáveis. Geração de valor para marca, negócios e pessoas. Compreensão do consumidor mais consciente. Divulgação e transparência de ações em ESG. Relações públicas. Gestão de crise e comunicação. Comunicação para sustentabilidade, satisfação do consumidor e aceitação social. Geração de uma proposta de valor. Greenwashing. Reportes e relatos de sustentabilidade.

Business case em ESG
24 hrs

Melhores práticas ESG do mercado internacional e nacional. Tendências e aplicações em organizações privadas, públicas e não governamentais. Papel da liderança na transformação da cultura em ESG. Business cases.

Ver todos os módulos

FAQ

O que é a FGV Educação Executiva?

Importante referência de ensino, no País e no exterior, pelos seus programas de graduação, mestrado e doutorado e pelos seus trabalhos de consultoria, a Fundação Getulio Vargas trabalha de coração e mente voltados para o estímulo ao desenvolvimento nacional. Como centro de excelência, no entanto, a nossa preocupação é ser, permanentemente, uma instituição inovadora, tanto para os seus alunos como para a sociedade de uma forma geral.

O que é ser um aluno ouvinte?

O candidato participa do processo seletivo normalmente, assiste às aulas, fica isento de provas e trabalhos, e, no final do curso, recebe um certificado de participação como aluno ouvinte. O plano financeiro é o mesmo de um aluno regular.

É possível pedir transferência de curso? Quais são os procedimentos?

Sim. O aluno poderá solicitar a transferência de curso desde que as seguintes condições sejam respeitadas: deverá existir vaga no curso de destino; os cursos (origem e destino) têm de ter o mesmo nível/grau; o aluno não poderá ter cumprido mais de 68% da carga horária total do curso de origem e estejam faltando mais de 6 (seis) meses para o término do prazo de 60 meses previsto na sua turma de origem para conclusão de todas as obrigações acadêmicas. O aluno poderá requerer o aproveitamento dos créditos já cursados por meio de um pedido de equivalência de disciplinas.

Qual é a diferença entre as unidades próprias e as unidades conveniadas da FGV?

A FGV Educação Executiva seleciona uma instituição conveniada em cada cidade onde identifica demanda potencial para cursos de especialização. As conveniadas da FGV Educação Executiva são instituições que atuam localmente, com funções comerciais, de logística e operacionais, disponibilizando a estrutura para a realização das aulas, o atendimento aos alunos, etc. A FGV é a responsável pela manutenção da qualidade acadêmica dos cursos, e o corpo docente – mestres, doutores e especialistas – é o mesmo para toda a rede conveniada.

Em caso de desistência, quais as implicações?

Caso o curso já tenha iniciado, o aluno poderá solicitar cancelamento a qualquer momento. No entanto, deverá pagar o valor correspondente à carga horária já cursada, além de multa rescisória.

Qual é o tempo máximo para a conclusão do MBA e da pós-graduação na FGV?

Todos os alunos que ingressaram nos programas de MBA e pós-graduação do FGV Management a partir de janeiro de 2017 deverão concluir os seus respectivos cursos em, no máximo, 60 meses a partir da data de início do curso de origem, exceto em casos excepcionais previstos em regulamento.

Qual é a diferença entre um curso de especialização lato sensu e um curso de MBA?

A pós-graduação lato sensu compreende programas de especialização e inclui os cursos designados como MBA (Master of Business Administration).

Qual é a abrangência dos certificados de conclusão de curso?

Os certificados de conclusão de curso têm validade nacional, desde que obedeçam integralmente às exigências da Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018.

Quais são os requisitos para cursar um curso de especialização?

Para cursar um MBA ou uma pós-graduação, é preciso que o candidato tenha um diploma de graduação. O diploma de graduação deve trazer, no verso, o número da portaria que autoriza/credencia a IES e o número da portaria de autorização ou reconhecimento do curso. Os cursos aceitos devem possuir, pelo menos, 1.600 horas. Seguem os cursos que preenchem esse requisito: graduação plena ou licenciatura; curso superior de tecnologia - qualquer área de formação - e curso sequencial de formação específica.

O que é pós-graduação lato sensu?

É um sistema de formação intelectual do segmento da educação continuada destinado ao aprofundamento e ao aprimoramento dos conhecimentos acadêmicos e técnico-profissionais. Os cursos de especialização e os cursos designados como MBA (Master Business Administration) ou equivalentes incluem-se na categoria de pós-graduação lato sensu.

Os cursos de pós-graduação e MBA são reconhecidos pelo MEC?

Os cursos independem de autorização prévia de reconhecimento e renovação de reconhecimento. Contudo, devem atender rigorosamente a todas as exigências da Resolução CNE/CES nº1 de 6 de abril de 2018.

Posso pedir transferência entre unidades (inclusive, conveniadas) durante o curso e aproveitar créditos de disciplinas já cursadas?

Sim. Para que seja feita a transferência entre unidades da FGV, a unidade de origem deverá preparar um formulário específico, informando o programa do curso em execução, as disciplinas cursadas - com notas, frequência e nomes dos professores - e a situação financeira do aluno. O aluno então poderá efetuar a matrícula na unidade de destino e deverá arcar com as taxas e mensalidades em aberto referentes ao curso. Além disso, a unidade de origem deverá enviar a documentação do aluno à secretaria acadêmica da unidade de destino, mantendo a cópia de todos os documentos nos seus arquivos. Para aproveitar créditos já cursados, o aluno deverá entrar com um pedido de equivalência de disciplinas.

Ver todas as dúvidas

Tenho Interesse

VOLTAR

Fale com um consultor de carreiras

Preencha seus dados e nós entraremos em contato.

Concordo com os Termos e Políticas.

Por favor aguarde...

Contato Enviado Com Sucesso!

Seu contato foi enviado com sucesso.

Falha ao Enviar!

Ocorreu um problema ao enviar, tente novamente.

Cursos Relacionados

Ver Todos

Histórias da Trecsson

Ver Mais Histórias
Ver Mais Histórias