• Maringá: (44) 3029-1162

  • Dourados: (67) 3033-8862

5 ferramentas administrativas que você precisa saber

As ferramentas administrativas ajudam a ter uma visão mais ampla da empresa. Com elas, é possível acompanhar a evolução das tarefas, das metas, a produtividade dos funcionários, e também se torna mais fácil ter insights e pensar em estratégia.

Para que tudo isso seja alcançado, é importante conhecer quais são as ferramentas de gestão mais utilizadas, dessa forma o retorno sobre esse investimento se torna mais garantido.

Então, toda empresa necessita de ferramentas de gestão visando auxiliar os processos e beneficiando toda a equipe e negócio. Confira agora 5 ferramentas que separamos que você precisa conhecer!

1. Planejamento estratégico

O planejamento estratégico é, definitivamente, a ferramenta administrativa mais popular do mundo dos negócios. É imprescindível que uma empresa tenha um planejamento estratégico pois é com ele que conseguirá definir metas, objetivos e alcançar os resultados. Os pontos mais importantes tratados em um planejamento estratégico são:

  • Diagnóstico: determinação do cenário atual da empresa;
  • Definição de objetivos, estratégias e metas: elaboração dos objetivos gerais do negócio e estratégias para alcançá-los;
  • Definição de indicadores: escolha dos indicadores que servirão de parâmetro para medir o progresso do plano;
  • Identificação do público-alvo: mapeamento dos públicos que serão atingidos;
  • Execução e controle: elaboração do plano de ação e execução conforme os objetivos e prazos definidos;
  • Avaliação de resultados: análise dos resultados a partir dos indicadores definidos.

2. Canvas

O Business Model Canvas significa quadro de modelo de negócios, que consiste em um mapa visual com nove blocos que representam os aspectos essenciais de uma empresa. No quadro você consegue analisar os seguintes aspectos do negócio:

  • Proposta de valor
  • Segmento de clientes
  • Canais
  • Relacionamento
  • Receitas
  • Recursos
  • Atividades
  • Parcerias
  • Estrutura de custos

3. Análise SWOT

Traduzido para o português significa FOFA(Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças). É um modelo tradicional de gestão que já existe há mais de 50 anos.

Basicamente, é a maneira mais simples de identificar os pontos fortes e fracos da empresa, e mapear todo o cenário externo para prever as oportunidades e ameaças do mercado. Com ela você consegue analisar toda a conjuntura que envolve a empresa e embasar seu planejamento estratégico em fatos confiáveis.

4. Ciclo PDCA

É uma das ferramentas mais usadas na gestão de projetos, que consiste em quatro passos básicos:

  • Plan (Planejar): identificar o problema, analisar as possíveis causas e formular estratégias;
  • Do (Executar): colocar o plano em prática;
  • Check (Verificar): avaliar os resultados;
  • Act (Agir): aplicar as mudanças necessárias para melhorar o processo.

5. KPI – Key Performance Indicator

O Indicador-chave de Desempenho é o parâmetro oficial para mensurar a performance de qualquer processo. Essa ferramenta de gestão permite acompanhar os resultados em números, a partir de métricas de sucesso simples e eficientes.

Cada negócio tem seus próprios KPIs, que são definidos a partir dos processos e resultados que você deseja monitorar. Ou seja, eles devem ser objetivos, mensuráveis, verificáveis e conter um valor agregado.

Em qualquer formação de negócios, você vai se deparar com várias dessas metodologias, porque elas realmente são aplicadas em empresas do mundo todo. Quer entender mais sobre gestão de uma empresa? Faça o MBA FGV Gestão empresarial! Com ele você poderá adquirir mais conhecimentos e habilidades no mundo dos negócios!



Compartilhe:

Posts Relacionados

Ver Categoria >