• Maringá: (44) 3029-1162

  • Dourados: (67) 3033-8862

Âncoras de carreira: Aprenda a identificar as suas

A pergunta chega a ser filosófica: o que te faz acordar todos os dias e decidir ir para o trabalho exercer as suas funções? A resposta do ponto de vista filosófico tende a ser profunda demais e não nos interessa agora. Porém, dentro de uma perspectiva corporativa, entender o que te leva todos os dias ao trabalho é tarefa para as âncoras de carreira, conceito criado por Edgar Henry Schein.

Neste artigo vamos entender o conceito por trás das âncoras de carreira, qual a sua importância para um profissional e vamos ensinar também de forma didática como identificar as suas e compreender melhor o seu comportamento enquanto colaborador.

O que são as âncoras de carreira?


Âncoras de carreira é o conjunto de valores, competências e motivações que servem para responder aquela questão inicial: o que te faz acordar todos os dias e ir trabalhar?

O conceito, criado por Edgar Henry Schein, preconiza que as relações de trabalho acontecem através de uma via de mão dupla, e por isso é importante que:

  • Empresas ofereçam e proporcionem condições saudáveis e um ambiente de trabalho produtivo para seus colaboradores ;
  • Em contrapartida, os gestores precisam entender o que motiva seus colaboradores a trabalharem.

Existem oito tipos de âncoras de carreiras e é necessário entender cada uma delas para poder se encontrar enquanto profissional.

A importância de saber suas âncoras de carreira


Pensando do ponto de vista profissional, entender o que te motiva vai resultar em direcionamentos mais corretos em futuras seleções de trabalho. 

É muito mais saudável, produtivo e passível de sucesso se você souber escolher a vaga que mais se adequa às suas características, bem como a empresa que mais se aproxima de seus valores.

As âncoras de carreira podem ser uma grande oportunidade para que você profissional se qualifique e busque uma promoção contínua em seu trabalho. 

Ela te fornece as informações necessárias para você mudar de foco, de carreira, de função, e potencializar os elementos de sua profissão que vem dando frutos.

Em suma, é muito mais fácil alcançar seus objetivos profissionais se você pontuar com clareza e segurança qual ou quais seriam tais objetivos. E as âncoras de carreira podem te auxiliar sobremaneira a entender seus objetivos dentro do mundo corporativo.

Para complementar sua leitura, separamos um conteúdo que aborda o desenvolvimento de carreira, ele trás 5 ações que você pode realizar para alcançar seus objetivos profissionais.

As oito âncoras de carreira


Técnico funcional

Este primeiro grupo tem como foco a especialização no trabalho, ou seja, desejam possuir um conhecimento técnico muito elevado de uma determinada e específica área de trabalho. Colaboradores deste grupo tendem a dominar o assunto de seu interesse profissional, além de buscar sempre se aprofundar pela área escolhida.

Pessoas com este perfil tendem a buscar trabalhos e funções que desafiem seus conhecimentos, pois é consenso que o desafio é uma das molas mais eficazes para o aperfeiçoamento de seu conhecimento técnico.

Essa âncora de carreira é facilmente identificada dentro do ambiente de trabalho, pois os colaboradores são chamados comumente de experts, ou especialistas. Exatamente por isso, eles buscam geralmente por cargos de especialistas.

Competência administrativa geral

O profissional que se identifica com este grupo anseia por cargos que demandam responsabilidade e poder de decisões importantes e estratégicas para a empresa. A motivação que um colaborador deste grupo possui para ir para o trabalho é alcançar altos cargos corporativos.

Suas habilidades são das mais desejadas para empresas, ou seja, a habilidade de liderar e influenciar pessoas dentro do campo de trabalho. Essas habilidades podem ter diversos objetivos, incluindo o reconhecimento público e corporativo, ou seja, o profissional deste grupo deseja ser reconhecido pelas suas entregas.

É muito comum que profissionais com este perfil ganhem espaço nas empresas através das políticas de promoção. Suas maiores competências são: identificar e solucionar problemas, gerenciar altos níveis de responsabilidade e saber influenciar pessoas. Sua função, diferente do grupo de técnico funcional, é generalista e não requer especialidades.

Autonomia e independência

Pessoas que se identificam com esta âncora de carreira desejam mais liberdade e dificilmente aceitam bem a ideia de subordinação automática. Exatamente por isso existe uma tendência para se escolher profissões autônomas. Que independem de relações mais tradicionais de trabalho.

Existe dentro deste grupo aquela ideia de fazer as coisas à sua maneira. Ideia esta que não combina muito bem com empregos mais tradicionais, mas que enxerga um futuro em trabalhos mais autônomos, como profissionais liberais ou empreendedores.

O profissional se sente mais auto-suficiente, não necessitando tanto de dinâmicas coletivas, e busca incessantemente por liberdade de ação. Sua palavra de ordem é ter liberdade e é esta liberdade que o motiva a exercer a sua função profissional.

Segurança e estabilidade

Esta âncora de carreira é muito popular e difundida em países que apresentam instabilidade econômica. Isso porque os profissionais que se identificam com esta âncora procuram por segurança e estabilidade financeira. Eles amam a previsibilidade e a possibilidade de fazer planejamentos a médio e longo prazo. 

Profissionais assim buscam trabalhar em empresas com estrutura de carreira muito bem definida. E podem exercer por muitos anos a mesma função, até desejam, pois como já dissemos, o que eles mais desejam é a previsibilidade do trabalho e de tudo que ele gera na sua vida.

Colaboradores com esta identificação tendem a ser leais, a trabalharem bem em equipe e a ajudar para a construção de um ambiente positivo de trabalho. O foco para esta âncora é a segurança.

Criatividade empreendedora

O foco principal que pessoas dessa âncora de carreira possuem é a tendência de criar novos negócios. São profissionais que podem trabalhar em empresas, mas que geralmente acabam criando seu próprio negócio.

Profissionais assim se sentem desafiados a todo instante, e por conta disso se sentem aptos a criarem de maneira contínua. Esse desejo de criar, inclusive, é o que leva na maior parte das vezes a criação de novos negócios.

Há também uma necessidade de liberdade e de poder de decisão, que geralmente indicam este caminho do empreendimento próprio. Possui necessidade de reconhecimento público e por isso busca incessantemente pelo seu espaço no mercado. 

Dedicação a uma causa

Profissionais que se identificam com esta âncora de carreira têm tendências mais altruístas e pensam muito mais em ajudar causas que acreditam ou pessoas que simplesmente se interessam por reconhecimento pessoal.

Dentro de uma empresa este profissional tem muito mais espaço nas áreas de recursos humanos ou de atendimento ao cliente. 

Neste caso, os valores da empresa precisam ser parecidos com os seus, já que valores são premissas muito importantes para que este colaborador consiga exercer bem as suas funções.

Sua função corporativa é servir aos outros e por isso é necessário que se exerça posições de influência.

Puro desafio

O termo já diz por si mesmo, e esta âncora de carreira é toda fundamentada na ideia de desafio. O profissional que se identifica com esta âncora é movido a desafios constantes e contínuos. 

É um profissional inquieto, que sempre vai buscar desafios profissionais, seja dentro da própria empresa, seja em outra empresa. Isso quer dizer que ele tende a sair de um espaço de trabalho caso perceba que ali não terá um futuro promissor.

O foco deste profissional é na superação de obstáculos, e na necessidade de se superar sempre que necessário. Superar problemas e obstáculos é o que move este colaborador no mundo corporativo ou em sua área de ação.

Estilo de vida

Como última âncora de carreira nós temos o estilo de vida, que busca um equilíbrio entre a vida profissional e a vida pessoal. Este profissional procura uma integração completa ou que chegue próximo de sua vida profissional com as suas metas pessoais.

Seu estilo de vida tem muita interferência na escolha de sua profissão e da empresa que ele deseja trabalhar. Para este profissional, a empresa certa é aquela que proporciona qualidade de vida no ambiente de trabalho e que possui programas de benefícios para seus funcionários.

Busca empregos que proporcionem também uma flexibilidade maior de horários, para justamente poder construir uma vida fora do ambiente de trabalho.

Conclusão

Vimos neste artigo a função primordial que as âncoras de carreira podem exercer nas suas escolhas profissionais, que certamente darão resultados no âmbito profissional mas também pessoal.

As âncoras de carreira podem ser um instrumento dos mais úteis para você se entender enquanto profissional e se bem utilizado pode exercer um grande papel no seu futuro.

E você, conhecia as âncoras de carreira? Se identificou com algumas? 

Leia outros conteúdos como este em nosso blog.

Compartilhe:

Posts Relacionados

Ver Categoria >