Maringá: (44) 3029 1162 / Dourados: (67) 3033 8862
Início > Blog

Como promover uma gestão de mudanças e inovação na empresa

Foto do Post
Lídia Massari

Toda empresa, eventualmente, precisará implementar mudanças significativas, porém nem todas estão preparadas. É nesse cenário que a gestão de mudanças se mostra como um importante fator para ajudar o gestor a tirar as ideias do papel.

O mundo dos negócios é bastante volátil e dinâmico, sujeito a diversas transformações. Sendo assim, o que faz as empresas se destacarem é a habilidade do gestor de visionar essas transformações e partir para a inovação.

Veja a seguir, como promover uma gestão de mudanças em sua empresa com foco em inovação!

A relação entre gestão de mudança e a inovação

Mudança não é algo simples. Requer momentos de ruptura e saída da zona de conforto. “Se tudo está indo bem, por que mudar?” É próprio do ser humano resistir a qualquer processo de mudança na rotina.

Contudo, continuar no mesmo caminho levará a estagnação da empresa, sem crescimento e alcance dos maiores objetivos.

Quem já tem um bom tempo de mercado sabe que para competir com forte concorrência é preciso inovar, e para inovar é preciso mudar. Uma empresa que já possui em sua cultura um comportamento de constantes transformações é bem mais fácil planejar inovação.

Já falamos aqui no blog sobre como identificar mudanças drásticas na empresa e mostramos como o comportamento organizacional impacta nas decisões e, acima de tudo, nos resultados.

Então, não adianta os gestores planejarem inovação e mudanças, se a equipe não é e nunca foi preparada. São os colaboradores que fazem tudo acontecer. Aliás, são eles que podem otimizar mudanças de processos do dia a dia, mas precisam, primeiramente, compreender quais são os níveis e o porquê das mudanças.  

Portanto, antes de começar o planejamento tudo precisa estar em plena sintonia: as metas de ações, os colaboradores, os líderes e os gestores.

Como implementar uma gestão de inovação em 5 passos

1 – Reconhecimento dos valores e da cultura organizacional

A primeira coisa a fazer é montar o planejamento de preparação da empresa. Quais são os valores, missão e visão? Por que preciso mudar? Onde quero chegar?

Então, que tal fazer a primeira mudança na cultura organizacional, a qual une colaboradores e líderes por um mesmo objetivo? Torne a mudança parte da cultura.

Os gestores precisam estar familiarizados com o ambiente rotineiro, como os colaboradores reagem e pensam diante de determinados desafios e como se comportam os líderes diante das tomadas de decisões para contornar barreiras.

Portanto, cabe aos gestores a missão de aplicar novos conhecimentos à equipe e oferecer novas oportunidades de crescimento pessoal e profissional.

2 – Avalie os impactos das mudanças

Essa é a etapa que gera maior insegurança. Afinal, toda mudança gera um impacto, mas e se esse impacto for negativo? E se provocar conflitos?

Justamente por isso que é importante ter uma visão abrangente sobre os possíveis riscos e impactos. É necessário mapear o que pode ser afetado na empresa como:

• Processos gerenciais e operacionais;

• Necessidade de habilidades e cargos especializados;

Recrutamento e seleção de talentos;

• Novas ferramentas tecnológicas e de inovação;

• Impactos na estrutura organizacional;

• Impactos na performance da equipe;

• Remuneração;

• Comportamento do pessoal.

Se a forma com que os colaboradores trabalham pode ser afetada, é fundamental que exista um gerenciamento de transição para possibilitar que todos consigam desempenhar da melhor forma sem causar danos organizacionais.

3 – Implemente um novo modelo de liderança

Agora mais do que nunca a gestão precisará da ajuda de todos. Dessa forma, um importante papel é o do líder. Mas a partir do momento em que o líder se vê sobrecarregado, a empresa poderá ter mais desafios do que alcançar metas.

Por isso é interessante aderir ao modelo de líder liberal, mas que esteja presente a todo momento para auxiliar a equipe. Assim, a empresa terá uma equipe empoderada, responsável por implementar ideias e solucionar problemas.

Isso ajuda muito a descarregar o líder que pode focar esforços em outras estratégias. Aliando esse modelo com o modelo de líder inspirador, certamente a equipe alcançará um alto patamar de excelência e as mudanças não serão um problema.

4 – Implemente uma estrutura de suporte

Vale a pena planejar uma estrutura de suporte com treinamento para os líderes. Dessa forma, os colaboradores terão mais confiança em desempenhar novas funções, tendo ciência de que poderão contar com ajuda sempre que precisarem.

Além disso, terão maior autonomia para questionar e compartilhar novas ideias de mudanças nos principais processos.

5 – Monitoramento e análise

Como em todo processo de implementação é essencial que haja um acompanhamento minucioso sobre o andamento das novas mudanças. Talvez nesse processo de análise surja novas ideias e adequações diante da realidade da empresa.

Esse passo a passo favorece as mudanças e estimula a participação de todos com a finalidade de aplicar força competitiva inovadora. Se a organização não aderir a mudanças por iniciativa própria, futuramente será obrigada e pior, com um curto espaço de tempo para a adequação.

E a sua empresa, já está preparada para a gestão de mudanças e inovação? Então, confira só quais são as 8 habilidades empresariais que estão faltando em sua empresa para alavancar sucesso!

 
Facebook
LinkedIn
Twitter
G+
E-mail
Compartilhe com sua rede.
Deixe seu comentário
 

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A TRECSSON

Unidade Maringá
Avenida Colombo, 9161. Andares 1 e 2 no Shopping Catuaí - Maringá-PR
44 3029 1162
Unidade Dourados
Rua Ponta Porã, 1540 - Salas 1 e 2 – Jardim América – Dourados - MS
67 3033 8862
Avalie nosso site aqui:   Avaliar
Voltar ao topo
Voltar ao topo
@2019 Trecsson Business - Todos os Direitos Reservados
Vikings Digital