• Maringá: (44) 3029-1162

  • Dourados: (67) 3033-8862

Compliance Digital: O que é e qual a importância para seu negócio

Um dos maiores desafios para empresas modernas que se estabeleceram em plena era da tecnologia é manter uma série de normas e de condutas que garantam a segurança e a integridade de todos os seus dados. Essa preocupação, que ronda pequenas e grandes empresas, tem nome e se chama Compliance Digital.

Neste artigo vamos conhecer o significado do Compliance Digital, qual a sua importância para o mercado corporativo e para as pessoas no geral e também veremos o que um trabalho ineficiente da empresa com a segurança dos seus dados gera de consequências para ela e para seus clientes.

O que é Compliance Digital


Podemos definir Compliance Digital como uma série de normas de conduta que visam garantir a segurança dos dados de uma empresa. O Compliance consiste basicamente em seguir tais normas de uma companhia, sejam elas as normas internas, criadas pelo setor responsável, sejam elas as normas externas, que precisam estar em acordo com a legislação, como a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

O Compliance então se define como este conjunto de práticas e protocolos de segurança que visam garantir que todas as ações da empresa estejam de acordo com essas normas de segurança e de privacidade, que devem proteger o ambiente virtual da empresa.

O Compliance nasce na década de 1960 nos Estados Unidos após o Congresso americano definir normas e regras anticorrupção. Ou seja, o Compliance nasce para regular o ambiente corporativo, que possuía e ainda possui um alto risco de corrupção e de roubo de dados.

Um exemplo de Compliance Digital

Uma empresa, por exemplo, pode definir seu protocolo de normas e condutas criando medidas internas que visam garantir a segurança dos dados da companhia, e por consequência os dados dos seus clientes, que hoje são motivos para uma espécie de guerra virtual no mundo.

Dados pessoais passaram a ser um dos bens mais valiosos no universo digital e empresas, boas ou más, desejam a todo instante acesso a cada vez mais dados pessoais, para assim definirem suas estratégias comerciais.

Proteção de Dados e o Compliance Digital


Deste contexto onde os dados pessoais estavam cada vez mais expostos, foi criado um conjunto de regras que servem para proteger os dados pessoais e que empresas utilizam para garantir a segurança de seus dados.

Sancionada em 14 de agosto de 2018, pelo então presidente Michel Temer, a Lei N° 13.709 apresenta uma série de normas e de seguranças jurídicas que as empresas devem respeitar a partir de então. Todas as regras se pautam na ideia de segurança e privacidade com relação aos dados pessoais que as empresas possuem de seus clientes.

A partir dessas normas que o Compliance Digital é criado em cada empresa.

Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) 

A Lei Geral de Proteção de Dados pessoais (LGPD) é um marco na luta por segurança e privacidade das pessoas e foi promulgada com o objetivo fundamental de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade e a livre formação da personalidade de cada indivíduo. 

Sendo assim, a LGPD é um marco também para que as empresas passem a criar suas normas específicas, e desta forma nasce o Compliance Digital dentro das corporações, que absorvem essas regras de conduta da lei de proteção de dados e adicionam outras que se encaixam na realidade específica de cada empresa.

Qual a importância do Compliance Digital para seu negócio


Para entender a importância de sua empresa em manter um trabalho de Compliance Digital eficiente, podemos fazer um exercício de memória e voltar no tempo, para alguns anos atrás, somente.

Em 2016, por exemplo, milhões de dados pessoais do Facebook foram vazados, e muitos destes dados foram usados de forma ilegal para que empresas pudessem mapear os comportamentos, personalidades e desejos dos cidadãos dos Estados Unidos e da Inglaterra.

Com esses dados foram criadas ações estratégicas e políticas para fazer estas pessoas votarem em um candidato específico para presidente nos Estados Unidos, e para fazer com que as pessoas decidissem que o Reino Unido deixasse a União Europeia.

Estes dois casos, muito famosos na época e que entraram para a história recente, confirmam o que muito já se sabia sobre a era da tecnologia e informação em que vivemos: dados são bem preciosos para empresas e podem ser usados tanto para benefício da sociedade quanto para benefícios próprios.

Compliance Digital em pequenas empresas


Esses dois exemplos acima são extremos para mostrar o quanto a falta de normas rígidas e regras de conduta podem acarretar para as empresas, para os clientes e para a sociedade no geral.

No entanto, não podemos deixar de destacar que o Compliance Digital pode e deve ser utilizado por pequenos negócios com a mesma finalidade: proteger os dados da empresa e manter um ambiente digital seguro para ela e para seus clientes.

E isso pode acontecer em exemplos bem menos dramáticos que os utilizados aqui. E podemos usar como exemplo inclusive acontecimentos bem comuns em tempos de redes sociais.

Compliance Digital e as redes sociais


Vemos dia após dia pessoas utilizando seus perfis pessoais, e até mesmo perfis corporativos, para fazer ataques de ódio, comentários racistas, misóginos, xenófobos, e ofensas a pessoas ou a grupos nas redes sociais. 

Se nas normas de conduta de uma empresa este tipo de comportamento estiver listado como práticas inaceitáveis, a empresa, através do seu Compliance Digital, tem toda a legitimidade para punir um funcionário que, por exemplo, praticar alguns destes atos descritos.

O Compliance Digital, em resumo, garante um ambiente seguro e saudável, para as empresas, para seus clientes, e para o público em geral.  

Vantagens de se aplicar o Compliance Digital


São muitos os benefícios que uma empresa tem ao aplicar o Compliance Digital.

Dentre estes benefícios podemos destacar:

Diminui substancialmente os riscos legais

Uma empresa que adota o Compliance Digital reduz bastante o risco de sofrer com ações judiciais vindas, por exemplo, de casos de vazamentos de dados das empresas por funcionários, ataques de malware ou através de links maliciosos. 

Adotar uma série de protocolos de segurança e definir as normas de condutas de todos os funcionários leva uma maior segurança jurídica para uma empresa.

Transparência na relação com fornecedores e parceiros

Mesmo não sendo parte direta de sua empresa, parceiros e fornecedores são peças chave para o crescimento de seu negócio. Sendo assim, garantir que eles estejam desenvolvendo com vocês relações em um ambiente seguro e privado gera um estreitamento da confiança, que é tão necessária para que um negócio prospere.

Assim, fornecedores que sabem que estão negociando com empresas que possuem um Compliance Digital, tendem a priorizar entregas e adotar ações especiais na relação entre empresas parceiras.

Permite investigações internas

Uma empresa que desenvolve o Compliance Digital possui condições de se proteger juridicamente em falhas nas ações de fiscalização. 

Isso quer dizer que o Compliance ajuda as empresas a se precaverem, mas também a realizar auditorias internas mais seguras e eficientes.

Clima organizacional

Uma empresa que possui um Compliance Digital bem definido consegue gerar para a sua equipe uma segurança jurídica e uma transparência sobre o que pode e o que não pode ser feito, e isso automaticamente proporciona aos funcionários um ambiente mais saudável, de bem estar e com tendência a ser mais produtivo.

Afinal de contas, o Compliance Digital visa justamente garantir a segurança através de boas práticas de trabalho e de convivência, que geram um ambiente de trabalho mais seguro para todos.

Proteção de dados

Uma das vantagens mais aparentes e importantes do Compliance Digital nas empresas é a segurança e a proteção de dados, que tende a ser cada vez maior à medida que o negócio passa a adotar medidas e protocolos de segurança baseado na lei de proteção de Dados e no Compliance Digital criado pela empresa.

Valorizar o nome da empresa no mercado

Outro benefício que um trabalho de Compliance Digital gera para uma empresa é a valorização da marca seja no ambiente interno, entre a equipe de colaboradores, seja no ambiente externo, com os seus parceiros, clientes, e público em geral.

Ter uma boa reputação no mercado, e desenvolver regras claras de segurança de dados e de transparência nas regras de conduta proporciona para a empresa uma série de benefícios para a marca que reflete em médio prazo na produção e no aumento de receitas.  

Conclusão

Qualquer empresa, seja pequena, média ou grande, tem por obrigação se preocupar com a segurança dos seus dados e pela criação de um ambiente de trabalho seguro, transparente e saudável. 

O Compliance Digital nasce para ajudar a proporcionar esse ambiente para que todos os envolvidos se sintam bem com esta relação de confiança que a empresa estabelece com clientes, parceiros e fornecedores.

Criar um Compliance Digital é um investimento que traz resultados benéficos para ela e gera uma segurança jurídica para ela e para todo o seu entorno.

E você, já pensou em desenvolver um trabalho de Compliance Digital na sua empresa?

Acesse outros conteúdos como este em nosso blog.

Compartilhe:

Posts Relacionados

Ver Categoria >