• Maringá: (44) 3029-1162

  • Dourados: (67) 3033-8862

6 Dicas Essenciais Para Melhorar a Gestão do Agronegócio

O Agronegócio é um setor do mercado que está em constante ascensão. E para que se tenha sucesso neste ramo de atuação, é preciso planejar e trabalhar com foco na produtividade e lucratividade, sendo fundamental aderir à práticas e ferramentas da Gestão do Agronegócio.

Independente se você é adepto ou não de inovações tecnológicas, a Gestão do Agronegócio é um importante fator que determina resultados sucessivos.

Seja em uma pequena produtora agrícola ou um grande setor produtivo agropecuário, a importância da gestão é cada vez mais evidente, uma vez que a competitividade cresce na mesma proporção que as oportunidades de mercado.

Segundo estatísticas, o setor de Agronegócio no Brasil já representa mais de ¼ do PIB nacional e mais de 48% das exportações são do setor agropecuário. Se não houvesse uma Gestão impecável por trás disso, estes dados não seriam possíveis de serem registrados.



6 Passos Para Aumentar a Eficácia da Gestão do Agronegócio

1:  Planejamento geral

Como seu negócio irá implementar uma Gestão eficaz? Como estruturar um processo de gestão no seu negócio? Quais as ferramentas essenciais para que tudo aconteça como o planejado? Seu agronegócio está realmente preparado para crescer?

Antes de mais nada, é extremamente importante que haja um planejamento aprofundado, com determinação de metas, objetivos e com visão ampla de como alcança-los. Para aumentar a eficácia da Gestão no Agronegócio, todas estas questões precisam ser respondidas.

2: Coloque em prática os pilares estratégicos

Os três pilares básicos para uma boa gestão são os processos estratégicos, operações táticas e práticas operacionais.

Dentro dos processos estratégicos estão todos os pontos que seu Agronegócio pode melhorar. É a parte de planejamento da gestão, aqui você precisa determinar os melhores caminhos para alcançar lucratividade e quais serão as ferramentas necessárias para auxiliar na produtividade.

Dentro de operações táticas estão todos os relatórios e processos padrões que precisam ser estabelecidos no dia a dia da produção. Tudo precisa ser registrado, almoxarifado, administração, comercial, etc. O desenvolvimento de relatórios completos é muito importante para auxiliar na Gestão do Agronegócio.

E em práticas operacionais temos as ações como ferramentas de resultados. Aqui o gestor precisa mapear quais são as dificuldades e quais processos precisam ser implantados no dia a dia da produção. Um cronograma de atividades precisa ser desenvolvido para que as metas determinadas sejam alcançadas.

3: Invista em ferramentas de gestão

A tecnologia está aí para auxiliar cada vez mais o setor de Agronegócio. Hoje em dia existem várias ferramentas de gestão que podem colaborar com o aumento da produtividade e simplificar processos que antes eram complexos.

Há um investimento inicial para que as ferramentas essenciais de gestão sejam implantadas, porém o retorno do investimento e resultados tangíveis são muito maiores.

4: Controle de custos

Um fator que impacta muito o setor agropecuário. Nessa questão há uma importância ainda maior da Gestão do Agronegócio, pois sem o controle de custos não há lucros, e provavelmente haverá mais prejuízos do que a lucratividade.

Através da Gestão há possibilidades de encontrar gaps e aproveitar oportunidades que geram melhorias de processo. Tudo isso colabora diretamente com o sucesso do Agronegócio.

5: Avalie resultados

Não há chances de um negócio ser bem-sucedido, se os resultados não são avaliados. A metodologia que você usa traz mais pontos positivos do que negativos? Se o gestor não sabe a resposta, fica difícil fazer o negócio crescer. A chance de estagnar ou dar lugar a uma longa crise será muito maior.

É preciso entender o que está funcionando e o que precisa ser modificado. Desenvolver boas práticas de gestão e realizar auto avaliações constantes é a melhor forma de saber se os resultados estão sendo alcançados como deveriam.

6: Treinamento

Um treinamento de qualidade aplicado a pequenas, médias e grandes propriedades é fundamental para melhorar a Gestão do Agronegócio. A eficácia operacional de empresas agroindustriais não é suficiente para manter um posicionamento no mercado.

Para isso, é importante a implementação de uma estratégia de Gestão adequada para a inserção e permanência segura no mercado.

Um outra dica importante é buscar conhecimento em um MBA em Agronegócio. Afinal o MBA traz conhecimentos teóricos e práticos sobre as melhores ferramentas de gestão, planejamento e organização da atualidade. Além disso, o curso capacita o aluno a ter grandes conhecimentos em gestão de pessoas, gestão de riscos, direito tributário, comercialização, marketing, logística e muito mais.

Quer saber mais sobre o MBA FGV em Agronegócio? Confira esse post que fala específicamente sobre este curso.

Compartilhe:

Posts Relacionados

Ver Categoria >