Maringá: (44) 3029 1162 / Dourados: (67) 3038 1477
Preencha os campos abaixo para obter acesso ao aluno ou professor online.
Qualquer dúvida, ligue para: (44) 3029 1162.
Início > Blog

6 Métricas Essenciais Para o Gerenciamento de Projetos

Foto do Post
Lídia Massari
22/11/2017

Antes mesmo de iniciar o gerenciamento de projetos, o primeiro passo para garantir êxito é definir as métricas para acompanhamento.

Ter indicadores de desempenho para cada etapa da implementação de um projeto é fundamental para otimizar os resultados e nortear o caminho da equipe.

Além disso, Os KPIs (Indicadores chave de performance) poderão auxiliar no planejamento preciso, como análise de histórico, se tornando uma verdadeira fórmula de sucesso para futuros projetos.

Os gestores precisam estar por dentro das melhores métricas ideais para cada projeto. Mas quais são elas? Como mensurar e analisar? Como alinhar as análises com a equipe? Sobre isso que iremos discutir hoje, acompanhe!

6 KPIs para monitorar no gerenciamento de projetos

1 – Deadline

O prazo para a entrega de cada etapa do projeto é um fator determinante para que o projeto seja concretizado de acordo com o planejamento. Dessa maneira, estabelecer métricas que mostram se os prazos estão sendo cumpridos, é uma forma de monitorar o andamento do projeto e programar melhorias, caso seja necessário.

2 – Recursos

Sua equipe sabe monitorar os recursos que serão necessários para o desenvolvimento do projeto? Analisar e monitorar os custos é fundamental para que não haja imprevistos nem que o projeto extrapole o investimento prefixado.

Essa métrica precisa ser avaliada a cada etapa entregue. Muitas vezes será preciso reajustar ou reduzir custos para que o projeto tenha sucesso e isso só é possível mediante esse KPI.

3 – Produtividade

Estabelecer métricas que controlam o tempo de entrega entre uma etapa e outra, garante que tudo esteja muito bem alinhado com o escopo do projeto. A porcentagem do tempo total necessário para a conclusão do projeto deve ser definida no escopo.

Se os prazos forem concluídos de acordo com cada etapa, é um indicativo de que o projeto será entregue dentro do tempo estimado, reduzindo riscos.

4 – Maturidade do projeto

Questões como taxa de rotatividade de funcionários, número de profissionais capacitados, taxa de projetos bem-sucedidos, quantidade de valor agregado à empresa e número de profissionais envolvidos em um projeto são indicativos que demonstram o equilíbrio da maturidade do projeto. Vale a pena aumentar a atenção nesses pontos.

5 – Valor agregado

Qual é o valor agregado ao término de cada etapa do projeto? E quanto à satisfação do cliente? O histórico dos seus projetos traz uma boa taxa de ROI?

Sua equipe de gerenciamento de projetos não deve esquecer do importante KPI medidor de retorno sobre investimento. Os projetos devem trazer resultados e sempre colaborar com o crescimento e avanço da empresa.

6 – Qualidade

Como está a qualidade dos processos já realizados e em andamento dos seus projetos? Ter um indicador de desempenho que visa manter rigorosamente a qualidade do trabalho feito é uma maneira de reduzir falhas que possam comprometer a entrega do projeto.

Além disso, ter um padrão de qualidade pré-estabelecido ajuda sua equipe automatizar os processos, tornando uma entrega de alta qualidade.

Como alinhar as métricas com a equipe?

De nada adianta colher todos esses dados, se sua equipe não está por dentro dos resultados e previsões dos projetos. É necessária uma documentação rígida das mensurações obtidas por meio de planilhas, relatórios, gráficos, etc.

Faça reuniões constantes com a equipe para acompanhar os resultados, analisar falhas, projetar metas e alinhar os próximos passos. Deixe sempre à vista os gráficos de KPIs para que todos tenham acesso às informações, podendo trabalhar com mais clareza nas etapas do projeto.

Como aumentar a taxa de sucesso de um projeto?

O mercado atual encontra-se em alta competitividade, e desenvolver projetos estruturados de mudanças é crucial. A única maneira de obter sucesso por meio dessas mudanças é aplicar a gestão de projetos.

No entanto, o gerenciamento de projetos requer conhecimentos aprofundados da área que englobam:

• Gestão de pessoas

• Gestão de escopo

• Gerenciamento de qualidade

• Monitoramento de recursos

• Comunicações e Stakeholders

• Gerenciamento de riscos

• Economia empresarial

• Gestão estratégica

Para lidar com os maiores desafios dessa área, há uma necessidade muito grande de capacitação para domínio de todas as ferramentas e técnicas consagradas do PM-Bok e PMI. A escolha de uma Instituição de Ensino que ofereça uma metodologia de ensino reconhecida no país é o primeiro passo tornar essas mudanças reais.

O MBA em Gestão de Projetos da Trecsson, aborda todas as competências mencionadas anteriormente e ainda garante conhecimento técnico reconhecido nacional e internacionalmente.

Matricule-se agora mesmo no curso de Gerenciamento de Projetos da Trecsson e tenha em mão tudo o que precisa para lançar no mercado projetos de grande sucesso!

 
Facebook
LinkedIn
Twitter
G+
E-mail
Compartilhe com sua rede.
Deixe seu comentário
LiveZilla Live Help
x
LiveZilla Live Help
 

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A TRECSSON

Unidade Luiz Gama
Rua Luiz Gama, 149 - 2 andar - Maringá-PR
44 3029 1162
Unidade Catuaí
Avenida Colombo, 9161 - 2 andar, Shopping Catuaí - Maringá-PR
44 3029 1162
Unidade Dourados
Rua Monte Alegre, 2115 - Sala 1 Terreo - Dourados - MS
67 3038 1477
Avalie nosso site aqui:   Avaliar
Voltar ao topo
Voltar ao topo
@2016 Trecsson Business FGV - Todos os Direitos Reservados
Felipe Agnello